Home   |   Contato   |   Associe-se   |   Serviços   |   Convenções Coletivas   |   Índices Econômicos   |   Localização

Notícias Associados

Gás de efeito estufa: Unidade brasileira da Rhodia já eliminou quase 60 milhões de toneladas de CO2

02/01/2018

Paulínia (SP), 27 de dezembro de 2017 – A Rhodia, empresa do Grupo Solvay, está completando 10 anos de funcionamento ininterrupto da unidade industrial de abatimento de gás de efeito estufa instalada no complexo industrial São Francisco, em Paulínia (SP), contabilizando a eliminação nesse período de quase 60 milhões de toneladas de CO2 equivalente. Esse total corresponde a retirar de circulação uma frota da ordem de 10 milhões de veículos movidos a combustível fóssil.

 

Construída dentro do escopo do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, do Protocolo de Kyoto, essa unidade industrial elimina da atmosfera o óxido de nitrogênio (N2O), considerado um gás de efeito estufa. É o maior projeto da era Kyoto em funcionamento na América Latina, está entre os 10 maiores do mundo e tem dado uma contribuição importante para as metas de redução de emissões de carbono do Grupo Solvay e da indústria química brasileira.

 

O Grupo Solvay fixou o objetivo global de até 2025 (tendo como base o ano de 2015) reduzir em 40% a intensidade das emissões de gases de efeito estufa e ter 50% de seu faturamento associado a soluções sustentáveis. Em três anos, reduziu em 30% a intensidade das emissões, e as soluções sustentáveis já respondem por 43% do faturamento.

 

Além da eliminação de gás de efeito estufa, a instalação dessa unidade permitiu o desenvolvimento de tecnologias e a formação de profissionais especializados em meio ambiente. Ao mesmo tempo, gerou receitas para a empresa por meio de créditos de carbono, atrelados ao Protocolo de Kyoto, que deixaram de existir no encerramento do programa no final de 2012.

 

Porém, em razão de seu compromisso ambiental e com os negócios sustentáveis, o Grupo Solvay decidiu manter essa unidade em atividade, arcando isoladamente com os custos operacionais, sem contrapartida econômica ou qualquer outro benefício, o que reduz sua competitividade frente a importados que não cumprem esse quesito.

 

Sobre o Grupo Solvay

A Solvay é uma empresa química de multiespecialidades, comprometida com o desenvolvimento da Química que aborda os principais desafios da sociedade. A Solvay inova e faz parcerias com clientes em diversos mercados finais globais. Seus produtos e soluções são utilizados em aviões, carros, dispositivos inteligentes e médicos, baterias, na extração de minerais e petróleo, entre muitas outras aplicações que promovem a sustentabilidade. Seus materiais leves e avançados aumentam a mobilidade mais limpa, suas formulações otimizam o uso de recursos e seus produtos químicos de desempenho melhoram a qualidade do ar e da água. A Solvay tem sede em Bruxelas e emprega 27.000 pessoas em 58 países. O faturamento líquido pro forma foi de € 10,9 bilhões em 2016, dos quais 90% foram obtidos em atividades nas quais a Solvay está entre as 3 maiores empresas do mundo. A Solvay SA (SOLB.BE) está cotada na Euronext Brussels e Paris (Bloomberg: SOLB: BB- Reuters: SOLB.BR) e nos Estados Unidos as suas ações (SOLVY) são transacionadas através de um programa ADR de nível 1. No Brasil, a Solvay também atua com a marca Rhodia.

 

Informações à imprensa:

Sobre a Rhodia e Grupo Solvay no Brasil

Roberto Custódio - roberto@pexpress.com.br

Marcela de Paula – marcela@pexpress.com.br

Tel. (55 11) 3284 5164 ou cel. (55 11) 999 33 8148

Sinproquim
Sindicato das Indústrias de Produtos Químicos
para Fins Industriais e da Petroquímica no
Estado de São Paulo.

Rua Rodrigo Cláudio, 185 - Bairro Aclimação
01532-020 - São Paulo - SP
11 3469-0455
sinproquim@sinproquim.org.br

Ver localização no mapa
Institucional   |   Associados   |   Guia   |   Assessorias   |   Contribuição Sindical   |   Cursos e Eventos   |   Notícias   |   A Química

Home   |   Contato   |   Associe-se   |   Informativos   |   Convenções Coletivas   |   Índices Econômicos   |   Localização



Desenvolvido por Fábrica C Comunicação